Archive of ‘Cozinha’ category

Cozimento a todo vapor

Apesar de dar preferência aos legumes cozidos no vapor, somente a pouco tempo descobri que esta forma de cocção preserva mais os nutrientes presentes nos alimentos.
Para o preparo dos alimentos não é preciso nenhuma panela especial, podendo-se improvisar com peneiras de alumínio ou inox, escorredor de macarrão ou cestos de bambu, com orifícios que permitam a passagem do vapor, que se ajustem na panela com água.
Hoje em dia, existem panelas próprias, mas eu, particularmente, acho um investimento desnecessário, já que aqui em casa somos somente 2 pessoas.
Segue sugestão de alguns legumes e verduras que podem ser cozidos no vapor: cenoura, batata, chuchu, vagem, couve-flor, brócolis, nabo, couve-de-bruxelas, salsão, alho-poró, aspargo, cenoura, pimentão, mandioquinha, espinafre, e repolho.

Vou compartilhar com você como faço para cozinhar os legumes e verduras no vapor. Você precisará de:

1 escorredor de macarrão de inox/alumínio, 1 panela que caiba o escorredor, 1 tampa (de preferência, de vidro), água e legumes ou vegetais a sua escolha.

Primeiro, eu coloco água na panela (01), em quantidade suficiente que não encoste no fundo do escorredor de macarrão e levo ao fogo para ferver.

Assim que começa a ferver, eu encaixo o escorredor de macarrão na panela (02), já com os alimentos (03) – não tenho o costume de temperar, mas caso você queira, fique à vontade – e tampo (04).

Deixo que cozinhem por uns 3-5 minutos. Esse tempo dependerá de como desejo a textura do alimento que está cozinhando.

Viu como é fácil e rápido, não precisando ter nenhum apetrecho especial?

Ah, é importante lembrar que: (a) deve-se cortar os alimentos em pedaços com tamanhos semelhantes, para que o cozimento seja uniforme; (b) procure cozinhar junto os legumes com a mesma textura e (c) mantenha um pouco de água fervente por perto, caso seja necessário completar a água da panela que está utilizando como base do cozimento no vapor.


Bom começo de semana.

Fernanda Figueiredo

FacebookGoogle+TwitterPinterestPocketEmailPrintCompartilhe

Bolinhos de Chuva

Todas vez que como bolinho de chuva eu volto a ser criança, me lembro das tardes de lanche em casa, quando minha mãe ou vó faziam para eu e minhas primas comermos. Era muito bom. 
Bolinho de chuva

Essa receita minha mãe “descobriu” na caixa de Maizena® e desde então, é a escolhida. A receita é bem prática e não fica gorduroso depois de frito. Anota aí:

1 xícara de farinha de trigo, 1/2 xícara de amido de milho, 1/2 colher (sopa) de fermento em pó, 2 ovos, 1/2 xícara de leite, 4 colheres (sopa) de açúcar e 1/2 colher (chá) de erva doce em sementes (opcional).
Óleo para fritar, açúcar e canela em pó para polvilhar.
Em uma vasilha, misture a farinha, o amido, o fermento, os ovos, o leite, a erva doce (eu não coloco) e açúcar. Reserve.
Coloque o óleo em uma panela pequena e aqueça. Frite a massa às colheradas até dourar de todos os lados. Retire e deixe escorrendo em papel toalha. 
Misture o açúcar com a canela e polvilhe sobre os bolinhos.
Boa noite!!