Faça você mesmo: Horta – Quais plantas escolher?

Já faz alguns meses que comentei com você que começaria a montar uma horta na sacada do apartamento, mas, com a mudança, esse sonho ficou um pouco limitado, pois na sacada não pega muito sol, mas mesmo assim, vou tentar.

01. Pinterest; 02. not just a housewife e 03. the micro gardener

Mas, antes de partir para o plantio, eu estou conhecendo um pouco sobre os temperos que mais são utilizadas na cozinha, como e aonde plantá-los. Acompanha aí o que aprendi:

1. Cebolinha verde:

* Plantio: Pode ser plantada em pequenos vasos de barro, mas caso você queira que ele se desenvolva mais rapidamente, faça o plantio a partir de mudas já prontas ou aproveite os talos das cebolinhas que compra na feira, desde que elas venham com as raízes. Corte as folhas para o uso e replante os toquinhos em solo fértil, rico em matéria orgânica.

* Uso na cozinha: Ela é bastante empregado na cozinha brasileira, combinando com a maioria dos pratos salgados, especialmente ovos (omelete, p. ex.), sopas, peixes, pirão, frango e carne cozida. É importante colocá-la na panela pouco antes de desligá-la, para que mantenha o sabor e aroma.

2. Salsa: 

* Plantio: Seu cultivo é muito simples: basta semear num pequeno vaso e deixar junto a uma janela iluminada.

* Uso na cozinha: É bastante popular no Brasil e entra na composição de inúmeras receitas salgadas, como carnes, sopas, bolos e saladas.  

3. Manjericão: Há várias espécies, com folhas mais largas ou delicadas, todas da família dos Ocimum. O manjericão é conhecido também como alfavaca e basílico.

* Plantio: Pode atingir de 40 a 60 cm de altura, por isso deve ser plantado em um vasio de uns 20 cm de diâmetro. Necessita de bastante sol e, se começar a crescer muito, você deve podar alguns ramos para ativar novas brotações e obter uma planta mais cheia.

* Uso na cozinha: O manjericão é muito utilizado na culinária italiana, em molhos e massas, mas também pode ser utilizado em peixes, carnes e batatas.

4. Orégano: Conhecido também como orégão, o Origanum virens é uma erva originária do Mediterrâneo.

* Plantio: Gosta de ambientes ensolarados e solo leve e arenoso, com boa drenagem. As folhas e pontas de galhos podem ser cortadas para serem usadas fresquinhas, e logo vão surgir novos brotos, que vão deixar a plantinha ainda mais densa e decorativa. Não se esqueça de renovar o solo do vaso anualmente, com uma mistura nova e nutritiva

* Uso na cozinha: Muito usada em peixes, carnes, saladas, molhos e suco de tomate.

5. Alecrim:  O alecrim (Rosmarinus officinalis) é uma planta semi-arbustiva, delicada e que ainda deixa o ambiente com um perfume muito especial.

Plantio: Cresce bem em ambientes muito ensolarados. Por isso, você pode plantar sua mudinha em vasinhos com 20 cm de diâmetro, usando terra comum de jardim. Para obter novas mudas, é só lascar um galho e plantar em solo úmido.

* Uso na cozinha: É utilizado para temperar carnes em geral, legumes e até dar um sabor diferente a omeletes.

6. Tomilho Conhecido também como timo (Thymus vulgaris).

* Plantio: Atinge de 10 a 30 cm de altura, e tem os ramos aveludados, que normalmente só começam a ser colhidos depois que a planta atinge dois anos. Para crescer bem, necessita de bastante sol e de um solo leve e arenoso.

* Uso na cozinha: Pode ser salpicado em qualquer prato à base de peixe, esfregado em carnes, antes de levá-las ao forno, e misturado em queijos e requeijões.

assinatura

FacebookGoogle+TwitterPinterestPocketEmailPrintCompartilhe

1 Comment on Faça você mesmo: Horta – Quais plantas escolher?

Leave a Reply